Sobre a Ciacool

O início

A Ciacool faz parte do grupo ITC do Brasil, e nasceu da oportunidade que o experiente importador Nicolaas Nienhuys e seu filho Carlos viram no comércio de produtos esportivos voltados para corrida de rua.

O primeiro produto importado e comercializado por eles foi a Cooltowels, uma toalha refrescante, que refresca mesmo estando em temperatura ambiente e tem seu efeito potencializado ao ser refrigerada.

Entre os maiores clientes, estavam executivos, agências de marketing promocional, promotores e frequentadores de eventos e casas noturnas. Porém, o público que mais chamou a atenção foram os atletas, mais especificamente, os corredores de rua.

Tendo em mente esse público, encontraram o segundo produto para comercialização: a Coolbelt.

O cinto versátil ainda não existia no Brasil e, para divulgá-lo, pai e filho começaram a fazer aparições em maratonas e eventos de corrida utilizando o produto. A novidade foi um sucesso e em pouco tempo a dupla fez inúmeros clientes nas maiores cidades do país. Foi aí que perceberam que o investimento em produtivos esportivos poderia ser um grande negócio.

Em todo evento, mais e mais clientes surgiam com novas ideias e opiniões sobre produtos de outras marcas que poderiam ser melhorados. Conversando com todas essas pessoas e se apaixonando cada mais pelo público e pelo mundo da corrida, Nicolaas decidiu começar a própria marca.

 

Nasce a Ciacool

Com dois produtos "Cool" sendo comercializados, a Cooltowels e a Coolbelt, a família Nienhuys decidiu criar a Ciacool, em 2014. O símbolo do infinito representa o movimento, os ciclos que fazem o atleta tornar-se melhor, e a busca contínua da Ciacool pela excelência em seus produtos e serviços junto aos colaboradores, clientes e parceiros.

A marca, que começou como um projeto paralelo da ITC do Brasil, empresa especializada em importação de produtos agropecuários, fundada em 1994, foi crescendo e tornou-se independente, construindo sua própria sede administrativa e industrial, com equipamentos de costura de alta tecnologia, localizada da cidade de Castro, no Paraná.

Atualmente, a Ciacool oferece uma ampla linha de roupas e acessórios esportivos, que melhoram o desempenho dos atletas durante as atividades físicas e trazem conforto para o dia a dia.

Missão: ajudar os atletas a superar seus limites, com artigos esportivos de alta qualidade e conforto.

Visão: ser uma marca de artigos esportivos reconhecida nacionalmente pela funcionalidade de seus produtos, pelo seu espírito de liberdade e vontade de vencer junto com os atletas.

Valores: espírito e corpo livres, garra, superação, cooperação, fraternidade, qualidade de vida, hábitos saudáveis, parceria, autossatisfação, autorrealização.

 

Sustentabilidade

O grupo ITC sempre teve claro seu compromisso com o desenvolvimento sustentável, por isso, mesmo antes da criação da marca Ciacool, projetos já eram realizados em âmbito social, ambiental e econômico.

 

Centro de Atendimento à Criança e ao Jovem

Desde 2017, a Ciacool é uma das mantenedoras do Centro de Atendimento à Criança e ao Jovem (CACJ) Jardim Colonial, uma entidade sem fins lucrativos da cidade de Castro, no Paraná. A instituição atende cerca de 255 crianças e adolescentes, com idades entre 6 aos 17 anos, que vivem em situação de risco pessoal e social, expostas à violência, desamparo, drogas, alcoolismo e fome.

 

Pequeno Cotolengo Paranaense

A instituição oferece de forma gratuita acolhimento, saúde e educação para pessoas com deficiências múltiplas em situações de risco, abandono familiar e asilados hospitalares do Estado do Paraná. Toda assistência é mantida com o apoio de empresas e da sociedade. A Ciacool contribui fazendo a doação de retalhos de tecidos, que são utilizados nas aulas de artesanato. As peças produzidas são vendidas e o valor é destinado para melhorias na instituição.

Além da contribuição social, a marca garante uma destinação mais apropriada das sobras da produção, diminuindo o impacto no meio ambiente.

 

Eu Reciclo

A coletiva seletiva é uma forma de otimizar o processo de destinação do lixo produzido, por isso, o grupo ITC realiza constantemente a separação de resíduos na indústria e nos escritórios.

Em 2021, a Ciacool firmou seu compromisso com a sustentabilidade através do selo “eureciclo”. Ao adotar este selo, as empresas investem em uma rede de cooperativas e operadores parceiros, que são remunerados pelo serviço prestado de coleta e direcionamento de resíduos para a reciclagem. Estes parceiros possuem autonomia para investir os valores recebidos em treinamentos, equipamentos, estrutura e salários. Isso significa que, ao compensar o impacto das dos resíduos no meio ambiente, a marca também ajuda a formalizar e valorizar o trabalho prestado por essas organizações, desenvolvendo a cadeia de reciclagem do país.

 

Energia Solar

O grupo ITC do Brasil trata o consumo de energia com muita atenção, por isso utiliza painéis solares para gerar toda a energia necessária em suas operações. Ela provém da captação de luz e calor emanados diariamente pelo sol, por meio da utilização de painéis fotovoltaicos, que convertem a energia solar em energia elétrica. Por ser considerada uma fonte de energia renovável e sustentável, a energia solar é uma das fontes alternativas mais promissoras para obtenção energética.

 

Atleta Ciacool

A Ciacool patrocina o atleta paralímpico Trajano Neto. O paranaense, que perdeu a visão repentinamente aos 28 anos, encontrou no esporte uma motivação para enfrentar as dificuldades e superar seus limites. Atualmente, ele acumula títulos em várias modalidades, como lançamento de dardo, lançamento de disco, arremesso de peso, corrida de 100 metros e paraenduro, e se prepara para participar dos Jogos Paralímpicos de 2024, em Paris.

 

De Castro para o mundo

A Ciacool já chegou do outro lado do oceano. A marca está presente na Europa, em países como Portugal, Espanha e França. Os planos de expansão incluem ainda toda a América e o continente africano, berço de alguns dos maiores corredores do mundo.

 

 

Sobre o Grupo ITC

ITC do Brasil

Atuando no segmento de importação e venda de produtos e insumos agropecuários, essa empresa foi a primeira criada. Por ser formado em agricultura tropical, Nicolaas Nienhuys percebeu que muitas técnicas e equipamentos do seu país natal, a Holanda, poderiam ser bem utilizados no país de coração, o Brasil. Foi então que, junto com sua esposa Ina, começou a importar esses equipamentos para vender aos produtores rurais.

 

Patina

A segunda empresa do grupo, a Patina, foi criada como um complemento da ITC do Brasil, mas voltada para a produção própria de produtos agropecuários e venda de equipamentos nacionais. O nome deriva da junção dos nomes do filho mais novo, Patrick, e da já mencionada Ina Nienhuys.

 

King do Brasil

Morando em Castrolanda, uma das maiores comunidades holandesas do Brasil, a família Nienhuys sempre manteve vivas as tradições do país de origem. Uma das memórias afetivas mais fortes que tinham, estavam relacionadas à pastilha de hortelã-pimenta mais famosa da Holanda, a bala KING Pepermunt.

Pensando nisso e na dificuldade de encontrar o produto por aqui, surgiu a King do Brasil, a representante brasileira da marca. Hoje ela está presente nas seis maiores colônias holandesas do Brasil: Holambra I, Holambra II, Castrolanda, Arapoti, Carambeí e Não-Me-Toque.