23/09/2022

Como a corrida combate ao estresse

“Nem sempre podemos controlar o estresse na nossa vida, mas podemos controlar quanto nos exercitamos. É empoderador saber que podemos combater impactos negativos do estresse em nosso cérebro simplesmente saindo de casa e correndo.”

A frase é de Jeff Edwards, um dos principais responsáveis por uma pesquisa feita pela Neurobiology of Learning and Memory, que tinha como objetivo mostrar como especificamente a corrida pode ajudar no combate ao estresse e, de quebra, ainda ajudar a melhorar a memória e a aprendizagem.

Mas o estresse é uma coisa saudável em certo nível, você sabia? Então... o que é estresse e quando ele começa a ser prejudicial? Além disso, como o exercício pode ajudar a combater esse excesso de estresse?

Vamos te contar tudo, vem com a gente!

 

O que é o estresse?

Nada mais é que um conjunto de sintomas que respondem a um estímulo. Eles entram em ação quando nos sentimos ameaçados ou sentimos algum tipo de pressão e nos deixam prontos para agir para sair da situação o mais rápido possível. Ou seja, o estresse é uma sensação que pode até nos ajudar a sobreviver em situações perigosas, já que ele produz adrenalina, cortisol e norepinefrina.

É esse tal de cortisol que faz com que o estresse contínuo seja preocupante:

Quando presente por muito tempo no corpo, ele aumenta a pressão sanguínea e a concentração de açúcar no sangue, além de reduzir a libido. Estar muito sensível ou irritado, ficar nervoso ou inquietos, ter dificuldade em dormir e ansiedade são outros sintomas que podem estar relacionadas ao estresse.

Existem vários tipos de estresse, sendo eles separados em três níveis principais.

 

Agudo

É o tipo de estresse natural e que pode chegar a ser considerado saudável, é aquela sensação que você tem ao se deparar com um desafio, por exemplo. São eventos isolados e não está impactando seu corpo de forma contínua.

 

Homem deitado no chãoDescrição gerada automaticamente com confiança médiaAgudo Episódico

Aqui a sensação começa a ficar mais frequente e, consequentemente, um pouco mais preocupante. Nesse nível, a pessoa começa a se preocupar demais, é pessimista e fica ansioso sem motivos.

 

Crônico

O nível mais alto de estresse. É aquele momento em que a tensão nunca desaparece e chega a fazer parte da pessoa, a ponto dela nem perceber que está estressada. Esse nível geralmente tem relação com traumas de infância que acabaram sendo internalizados.

 

Como a corrida ajuda contra o estresse?

Como provavelmente muitos atletas já sabem, vários exercícios físicos liberam endorfina, um neuro-hormônio que melhora o humor, aumenta a disposição e alivia dores. Mas você sabia que a corrida é um dos melhores exercícios para isso?

Além dos vários benefícios físicos, estão começando a aparecer vários estudos que comprovam a importância da corrida na saúde mental das pessoas também.

 

Saia da rotina

A corrida pode ser uma válvula de escape para o estresse do dia a dia já que te faz pensar em desafios que não fazem parte dele. Se manter concentrado em alguma meta mais flexível que as metas do seu trabalho, por exemplo, é uma ótima forma de aumentar até a sua autoestima – que tem uma grande relação com a ansiedade e o estresse - ao longo do tempo.

 

Combate ao cortisol

A falta de exercícios físicos estimula a produção do já mencionado hormônio cortisol – aquele que diminui a líbio entre outras coisas. Ao correr, você faz seu corpo liberar serotonina e beta-endorfina, hormônios que melhoram o humor e combatem os efeitos desse cortisol.

 

Deixe seu corpo se recuperar

Durante o sono é que seu corpo realiza sua manutenção, reparando tecidos, sintetizando proteínas e recuperando células danificadas, além de regular o metabolismo e, claro, repor as energias.

Por conta disso tudo, o sono é um dos grandes responsáveis pela diminuição do estresse e, felizmente, praticar atividades ajuda na melhora do sono justamente por conta da liberação da endorfina, que dá a sensação de relaxamento do corpo.

 

Mais benefícios

Para finalizar, estudos já mostraram que a corrida também afeta o sistema endocanabinoide do cérebro. Esse sistema está muito relacionado com o chamado “barato do corredor”, um efeito da corrida que pode te ajudar a diminuir o estresse, alivia a dor, te dá a sensação de bem estar e ainda te relaxa.

 

Um esporte para todos

Para finalizar, não há desculpa para não começar a correr, afinal, a corrida é o esporte mais democrático do mundo!

Você só precisa de um tênis (às vezes nem isso), uma bermuda, uma camiseta e, no caso das mulheres, um top de alta sustentação, passar no médico só para ter certeza de que tudo está certinho e pronto, você pode começar o exercício.

  • A partir de: R$ 89,90
    Comprar

    Top de Alta Sustentação Tradicional

    Costas nadadora e alças largas. São essas as características que fazem esse top ser ideal para pessoas que gostam de esportes de baixo a médio impacto como ioga e academia.

  • A partir de: R$ 89,90
    Comprar

    Top de Alta Sustentação Sport

    Nosso primeiro top de alta sustentação, o Top Sport conta com um elástico na parte de baixo para maior fixação do top no corpo. Ideal para qualquer exercício de alto impacto.

  • A partir de: R$ 59,90
    Comprar
  • A partir de: R$ 119,90
    Comprar

    Top de Alta Sustentação Zipper

    Feito para esportes de alto impacto como corrida, cross fit e outros, esse top de alta sustentação conta com bojo para maior conforto e um zíper frontal para ficar mais fácil de vestir. As alças largas também ajudam na sustetação dos seios.